Sign In

Como viajar com o seu animal de carro

Versão Portuguesa

Como viajar com o seu animal de carro

Quando se transporta um animal num veículo é primordial ter em atenção todas as regras de segurança, uma vez que a presença deste não pode em momento algum prejudicar, distrair ou condicionar o condutor.

O que diz a lei?

Segundo o Decreto-Lei n.º 315/2003, de 17 de dezembro «O transporte de animais deve ser efetuado em veículos e contentores apropriados à espécie e número de animais a transportar, nomeadamente em termos de espaço, ventilação ou oxigenação, temperatura, segurança e fornecimento de água, de modo a salvaguardar a proteção dos mesmos e a segurança de pessoas e outros animais.».

Apesar de um animal de estimação ser como um membro da família não pode andar à solta dentro do carro, o incumprimento desta lei pode resultar numa coima entre os 60€ e os 600€.

Se viajar para o estrangeiro, deve ter em conta que cada país possui a sua própria legislação em relação ao transporte de animais doméstico, o que pode significar alterações no valor das coimas a aplicar.

Como transportar o seu animal de estimação corretamente?

O pior cenário de deixar o seu animal à solta, não é a coima. Lembre-se do quão brincalhão o seu patudo é, e que isso o pode distrair, podendo causar um acidente, colocar a sua segurança ou até mesmo a de terceiros em questão, para evitar isto considere as seguintes opções.

Uma caixa transportadora é uma ótima ideia

Escolha uma transportadora adequada ao peso e ao tamanho do seu animal. É a opção mais comum, útil e defensiva para o animal em caso de acidente na estrada.

Também existem cintos de segurança para cães e gatos

É uma escolha a considerar em viagens longas, para evitar que o animal permaneça muito tempo dentro da transportadora. É bastante prático, basta prender este cinto ao automóvel, fazendo ligação com o peitoral.

Aposte numa rede, grelha divisória ou grade para cães

Colocada por norma entre os bancos traseiros e a bagageira, para evitar que o animal seja projetado para a frente. De todas as opções apresentadas não é a mais eficaz, porém, permite isolar o animal e impedir que este interfira com a condução. Ótima alternativa para cães de porte grande.

Prepare o seu animal de estimação para a viagem

  1. Dê um passeio com seu animal de estimação antes da viagem, para que gaste alguma energia e possa fazer as suas necessidades.
  2. Para evitar enjoos, alimente o animal 3 a 4 horas antes da viagem.
  3. Torne o ambiente do seu veículo mais tranquilo, para isso mantenha o volume do rádio baixo e controle a temperatura.
  4. Independentemente da opção que escolher para realizar o transporte, coloque o brinquedo favorito ou uma manta com um cheiro familiar para que o animal associe aquela experiência a algo positivo e se sinta calmo e em segurança.
  5. Lembre-se de fazer paragens de 2 em 2 horas para que o animal caminhe um pouco, faça as necessidades e liberte algum stress.
English version

How to travel with your pet by car

When transporting an animal in a vehicle, it is essential to pay attention to all safety rules, since the presence of the animal must not, at any time, harm, distract or condition the driver.

What does the law say?

According to Decree-Law no. 315/2003, of 17 December «The transport of animals must be carried out in vehicles and containers appropriate to the species and number of animals to be transported, namely in terms of space, ventilation or oxygenation, temperature, security and water supply, in order to safeguard their protection and the safety of people and other animals. 

Although a pet is like a member of the family, he cannot walk around freely in the car, failure to comply with this law can result in a fine between € 60 and € 600.

If you travel abroad, you should take into account that each country has its own legislation regarding the transport of domestic animals, which may mean changes in the amount of fines to be imposed.

How to transport your pet properly?

The worst scenario of letting your pet loose is not the ticket. Remember how playful your pet is, and that it can distract you, possibly causing an accident, putting your safety or even the safety of others in question, to avoid this consider the following options.

A carrier box is a great idea

Choose a carrier suitable for your pet’s weight and size. It is the most common, useful and defensive option for the animal in the event of an accident on the road.

There are also seat belts for dogs and cats

It is a choice to consider on long journeys, to prevent the animal from staying too long inside the carrier. It is very practical, just attach this belt to the car, making connection with the chest.

Bet on a hammock, dividing or grid for dogs

Normally placed between the rear seats and the boot, to prevent the animal from being thrown forward. Of all the options presented, it is not the most effective, however, it allows to isolate the animal and prevent it from interfering with driving. Great alternative for large dogs.

Prepare your pet for the trip

  1. Take a walk with your pet before the trip, so that it expends some energy and can do its needs.
  2. To avoid seasickness, feed the animal 3 to 4 hours before the trip.
  3. Make your vehicle’s environment more peaceful, so keep the radio volume low and control the temperature.
  4. Regardless of the option you choose to carry out the transport, place your favorite toy or a blanket with a familiar smell so that the animal associates that experience with something positive and feels calm and safe.
  5. Remember to make stops every 2 hours for the animal to walk a little, do the needs and release some stress.
Next Post
Venha viajar com a Tails Travel / Meet Tails Travel

Add Comment

Your email is safe with us.

0
Close

Your cart